Escolas apostam em telescópios e robôs para atrair alunos